Caixa libera nova linha de crédito para negativados. Confira a novidade!

A Caixa Econômica Federal emitiu linhas de crédito ideais para aqueles com nomes negativados, como no Serasa e SPC. Este método permite ao requerente colocar alguns ativos como garantia de reembolso do empréstimo. Portanto, o banco deve aceitar como garantia ativos iguais ao valor exigido no crédito, até 100.000 reais. Além disso, a agência da Caixa também pode optar por utilizar como garantia o saldo atual do Depósito a Prazo do Serviço (FGTS).

PUBLICIDADE


Essa abordagem é viável, pois considerando que existem alguns ativos que podem ser usados ​​como garantia para o pagamento de dívidas e os bancos também são fáceis de obter e conceder, a possibilidade de os bancos sofrerem perdas é muito pequena. Mas afinal, como funciona o empréstimo? O crédito disponível variará em função dos ativos hipotecados, até 100.000 reais. Assim, a Caixa concede em garantia um montante equivalente a 85% do valor total dos bens onerados.

Pode se usar uma série de ativos hipotecários para solicitar empréstimos da Caixa, como por exemplo: metais preciosos. Em caso de inadimplência, quando o contratante não quitar o empréstimo, os ativos hipotecados serão leiloados. Caso o interessado em assinar o empréstimo não possua bens como garantia, a instituição permite a utilização do FGTS.

Portanto, é permitido o uso de 10% a 40% do valor depositado no fundo dependendo da situação. Porém, se o FGTS for utilizado como garantia, em caso de inadimplência, o banco fará o resgate do valor com base no valor obtido pelo cidadão. Acesse a agência da Caixa Econômica; Se você quiser usar ativos como garantia, leve-os a um agente um documento que possa provar que você possui os ativos; Informar RG, CPF e certificado de residência; Será realizada uma análise para avaliar o valor do penhor.

PUBLICIDADE


Acesse também:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*