Connect with us

Artigos

Como entrar em um faculdade de graça (2021). Veja aqui!

Published

on

PUBLICIDADE

Atualmente, a faculdade é uma das melhores formas de se posicionar no mercado de trabalho, vamos ver as melhores formas de fazer a faculdade de graça. Isso porque você vai ganhar prestígio e ter mais atenção antes dos recrutadores, e é possível garantir as melhores vagas e o melhor salário. No entanto, o preço das mensalidades no Brasil não é acessível para todos, o que acaba dificultando o alcance da meta.

Apesar do preço pago, existem algumas boas opções para evitar ou adiar o pagamento da mensalidade. Por exemplo, determinados canais de bolsas e convênios com universidades privadas têm preços preferenciais, o que é visto como uma excelente oportunidade para quem precisa de ajuda nos estudos.

Dessa forma, você pode pagar menos ou até mesmo concluir todos os trabalhos de graduação gratuitamente. No entanto, muitos programas exigem bom desempenho em países hostis e exigem comprovação de fundos como principal critério de seleção, mas tudo isso depende de cada instituição de ensino.

PUBLICIDADE


PROUNI

O Prouni é um programa criado pelo Ministério da Educação (MEC) para conceder bolsas parciais ou integrais a universidades privadas. O desconto é válido para todo o período de graduação, mas caso o aluno não seja aprovado em pelo menos 75% das disciplinas em cada semestre, a bolsa pode ser interrompida. As inscrições acontecem uma vez por ano e começam na data definida pelo MEC.

Para se inscrever, é necessário ter participado do último inimigo, com pontuação média de pelo menos 450 pontos, e pontuação maior que zero na redação.

Além disso, o candidato deve satisfazer a pelo menos uma das condições abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública.
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola.
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola privada.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos, não há requisitos de renda.

O processo seletivo do Prouni tem uma única etapa de inscrição. A inscrição, gratuita, é feita exclusivamente pela internet, na página do Prouni. O candidato pode escolher, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis, de acordo com seu perfil.

O candidato com deficiência ou que se autodeclarar indígena, preto ou pardo pode optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas. Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.

Encerrado o prazo de inscrição, o sistema do Prouni classifica os estudantes de acordo com as opções e as notas obtidas no Enem. Os estudantes são pré-selecionados em apenas uma das opções de curso, observada a ordem escolhida no momento da inscrição e o limite de bolsas disponíveis.

Alunos com melhores notas e cuja renda familiar não ultrapasse três salários mínimos têm maior chance de receber bolsas, o FIES também é um programa do governo federal que visa custear parte ou a totalidade das mensalidades do curso.

Ao final das duas chamadas, o candidato pode manifestar interesse em participar da lista de espera do Prouni. As bolsas eventualmente não preenchidas nas duas chamadas serão ocupadas pelos estudantes participantes da lista de espera que comprovarem as informações prestadas na ficha de inscrição.

Veja também:

PUBLICIDADE



FIES

Da mesma forma, o FIES é um programa do governo federal que tem por objetivo fornecer parte ou a totalidade das mensalidades dos cursos superiores de universidades privadas. A seleção dos candidatos é feita com base no Enem, que na verdade segue os mesmos critérios do Prouni.

Para se inscrever, basta acessar o sistema de informações do programa (Sisfies). O financiamento estudantil é baseado em uma taxa de juros de 6,5% ao ano, o que significa menor valor em relação a outras modalidades de financiamento.

Além disso, o FIES oferece carência de 18 meses, e a amortização da dívida pode variar de acordo com a duração do curso, que é três vezes o período normal de graduação mais 12 meses adicionais.

O novo FIES é um modelo de financiamento estudantil moderno, que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

O novo FIES traz melhorias na gestão do fundo, dando sustentabilidade financeira ao programa a fim de garantir a sustentabilidade do programa e viabilizar um acesso mais amplo ao ensino superior.

Poderá se inscrever no processo seletivo o candidato que participou do ENEM, a partir da edição de 2010 e tenha obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota superior a 0 (zero) na redação. Também é necessário possuir renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até 3 (três) salários mínimos.

Lembramos que compete, exclusivamente, ao candidato certificar–se de que cumpre os requisitos estabelecidos para concorrer ao referido processo seletivo, observadas as vedações previstas no Edital do processo seletivo vigente.

O candidato ou o grupo familiar deverá comprovar renda familiar mensal bruta, por pessoa, igual ou superior a um salário mínimo nacional vigente.

Caso o candidato ou grupo familiar apresente renda familiar bruta mensal, por pessoa, inferior a um salário mínimo ou que a renda mensal bruta exceda os 3 salários mínimos por pessoa do grupo familiar não poderá realizar a inscrição para o processo seletivo do Fies.

PUBLICIDADE


SISU

O Sisu é um sistema informatizado do Ministério da Educação, e as instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos que fazem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Os candidatos com melhor classificação são selecionados com base em suas pontuações nos testes. Os candidatos selecionados na primeira ou segunda opção têm apenas esta oportunidade de se inscrever. Portanto, fique atento ao prazo!

Se for selecionado na primeira ou na segunda opção, independentemente da forma de inscrição, não poderá manifestar interesse em participar na lista de espera.

O período de tempo especificado na tabela de horários. Poderá participar qualquer pessoa que não tenha sido selecionada em nenhuma das opções em concurso regular, podendo escolher apenas uma das opções vagas definidas na fase de registo. Na lista de espera, é importante que o aplicador do teste compareça à chamada de admissão juntamente com a agência de vagas selecionada.

    Click to comment

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *