Conheça o novo serviço gratuito da Nubank com o Whatsapp!

O Nubank é um dos bancos digitais mais ativos do país. O crescimento é evidente, só nos últimos meses a fintech lançou uma série de novidades, envolvendo investimentos, cashback automático de cartão de crédito, seguro de vida e outros campos. Agora, a empresa anunciou um novo serviço gratuito. O WhatsApp Pay é um recurso financeiro que permite que as transações sejam feitas através de uma plataforma de mensagens instantâneas.

PUBLICIDADE


Os mensageiros podem mediar por meio de Pagamentos do Facebook vinculados à Cielo para enviar e receber fundos com segurança. As duas empresas, Nubank e WhatsApp, estabeleceram uma parceria de dois meses. Segundo a empresa, o sistema é utilizado para transferência de fundos entre contatos no app, sempre com segurança e com limites diários e mensais. A instituição financeira explicou: “Um máximo de 1.000 reais podem ser enviados por transação, e um máximo de 20 transações podem ser recebidas por dia, ou um total de 5.000 reais por mês”.

Hoje, o Nubank oferece uma conta digital gratuita sem taxas de manutenção, sem taxas anuais de cartão de crédito e sem opções de investimento de taxa de administração. Atualmente, esse banco digital possui cerca de 40 milhões de clientes somente no Brasil.

Liberados pagamentos de boletos pelo cartão de crédito

As ordens de pagamento agora podem ser pagas por meio do cartão de crédito do Nubank. A medida foi divulgada para todos os clientes de tecnologia financeira. São duas opções, à vista ou parcelado, em até 12x com o pagamento de juros (o percentual é inferior ao do cartão de crédito rotativo cobrado quando o parcelamento total da conta é parcelado). A Fintech afirmou que o pagamento à vista dos documentos bancários do cartão de crédito Nubank será isento de juros, pois a taxa de juros do parcelamento pode chegar a 6%. No entanto, a retrospectiva do cartão de crédito é de 2,75% e 14%. Você pode pagar contas de cartão de crédito, contas de luz, celular e recibos de pagamento de empréstimos.

Acesse também:


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*